segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Romãs e Pink Floyd

A minha avó ficou comigo quando eu tinha seis anos, por razões que não vale a pena explicar, os meus pais partiram, para viver noutro sítio, noutra casa, com outra filha novinha a estrear. A princípio doeu-me muito, não o ficar com a minha avó, mas esta sensação de abandono, hoje percebo o porquê, não concordo, mas percebo, com seis anos não percebi, até porque existiam coisas que nunca se explicavam ás crianças.
Mas fiquei com a minha fantástica e fabulosa avó, que ainda por cima tinha características muito especiais, a começar pelas físicas: a minha avó tinha um olho castanho escuro, quase preto e outro azul clarinho, não era uma deformação genética, simplesmente na adolescência a tirar agua numa bomba a alavanca bateu-lhe no olho o que veio a provocar cegueira, daí o olho azul; a minha avó tinha o cabelo todo negro, excepto uma madeixa branca que partia exactamente do chamado “bico de viúva”, a maioria das pessoas achava que era pintado, com a extravagância de deixar uma madeixa branca em destaque, mas não, era assim mesmo, por fim o mistério mais assombroso do corpo da minha avó era não ter umbigo, fascinava-me aquele ventre onde faltava aquela marca de mamífero, a explicação era simples, ao ser operada a um tumor no útero e tendo-lhe sido retirado o mesmo, os cirurgiões coseram a eito, retirando-lhe o umbigo.
Estes eram os mistérios físicos da minha avó, nessa idade passei a partilhar com ela a mesma cama, a aprender fados do Frutuoso França, sobre desgraças intermináveis, áreas de opera de Puccini, tangos de Carlos Gardel e canções brejeiras, aprendi a misturar ovos, açúcar e a moldar biscoitos de manteiga equilibrada num banco de cozinha, quando eu chegava da escola fazia os deveres (era assim que se chamavam), sobre o olhar atento da minha avó que aproveitava e aprendia aquilo que não tinha tido oportunidade de aprender em criança, nesta altura do ano quando chegava a casa e via que ela tinha os dedos enegrecidos, sabia que me esperava uma taça de bagos de romã, com um bocadinho de açúcar amarelo, fazia-me chá de limão, para bebermos no meu serviço de porcelana em miniatura, do qual ainda sobrevivem um bule, três pires, uma chávena, contava-me episódios da sua infância, coisas sobre o meu avô, alguns dos episódios que aqui conto.

Com o tempo os papeis foram-se invertendo, ensinei-a a gostar de Pink Floyd e de Queen, ela achava que o Freddie Mercury devia ter estudado canto, a minha avó aldrabava as horas em que eu chegava a casa, por vezes deitando-me eu vestida ao seu lado e ela garantindo que eu dormia à horas quando eu tinha acabado de chegar, passei a ser eu a fazer-lhe um batido de morango quando chegava a casa e bebíamos as duas um copo cheio de vitaminas, fresquidão e morangos.
Foi um batido de morangos que me pediu por gestos entubada no hospital dois dias antes de ter desistido de viver, porque também me transmitiu que peça de ouro cabia a cada neto e que não queria subsistir mais tempo assim.
Tenho saudades dos batidos de morangos, quando é época faço um e lembro-me dela e agora apetecia-me chegar a casa ouvir a Bohemian Rhapsody ou o Breathe a comer uma taça cheia de bagos de romã.

17 comentários:

Diogo disse...

A minha avó costumava-me fazer taças de bagos de romã (já lá vão uns anos), com açúcar.

Os artigos sobre o «holocausto» incomodam-te, Ana? Não vês os absurdos dos testemunhos?

Ana Camarra disse...

Diogo

Não, não me incomodam,ando é na minha vida meia doida e por vezes não tenho tempo para esmiuçar como deve de ser certos textos.

beijos

Zorze disse...

Ana,

TENS, uma Avó estupenda!
Como eu TENHO duas, uma cá e outra lá.

Beijos,
Zorze

Anónimo disse...

Aninha, tu só podias ser especial, com avós dessas e uma coleção de tias que só tu podias ter!
Para quando a compilação dos textos?
Eu pergunto só por perguntar, porque as desculpas já conheço bem!


Um beijo

Lagartinha de Alhos Vedros

Akhen disse...

Ana

ler as tuas recordações, lembra-me que eu, dessas, poucas tenho.
Recordo a escola, mas não tinha ninguém ao pé de mim a ver-me fazer os "deveres".
O meu pai, que me ficou vendo do outro lado da vida, não podia ensinar-me.
Uma coisa parece um paradoxo. Tendo tanta familia, tive uma infancia carregada dos silencios da solidão, que eu fui aprendendo a quebrar.
Hoje, só tenho saudades de quem poderia dar-me os bagos de romã ou o batido de morango e hoje não pode fazê-lo.

Para quando o livro?

Paz e Luz na tua casa

Fernando Samuel disse...

Com uma avó dessas... quem é que não quer ser neta?...

Um beijo.

Ana Camarra disse...

Zorze

A minha avó era uma pessoa muito especial.

Lagartinha

Avós, tias, primos eu no meio disto acho que sou muito banal.


Akhen

A minha infância está cheia de pessoas, muitos afectos e algumas amarguras.

Fernando Samuel

Ainda hoje me faz falta, devia de ser giro com os bisnetos.

Beijos

Anónimo disse...

If you wish for to grow your familiarity only keep visiting this web page and
be updated with the newest gossip posted here.

Feel free to surf to my web page; herbalcurenow.com

Anónimo disse...

As the admin of this site is working, no question very rapidly it
will be renowned, due to its feature contents.

Also visit my site virility ex reviews

Anónimo disse...

I'm extremely impressed with your writing skills and also with the layout on your weblog. Is this a paid theme or did you customize it yourself? Anyway keep up the excellent quality writing, it is rare to see a nice blog like this one these days.

Have a look at my web site: virility ex price

Anónimo disse...

Some dieters will elect to either reduce their calories or improve
their exercise levels, though the most successful programs use each method to
achieve the desired results. Keep it active with smaller
amount of foods and lose 10 pounds inside a month.
Phen375 might not be a quick fix but it is really a safe, reliable
solution to increase the likelihood of a successful weight loss effort.


my blog; beep.com

Anónimo disse...

If some one needs expert view on the topic of running a blog after that i advise him/her to
visit this web site, Keep up the nice work.

Also visit my weblog :: venapro

Anónimo disse...

hello!,I love your writing very a lot! share we keep in touch more
about your post on AOL? I need a specialist in this area to solve my problem.
Maybe that is you! Looking ahead to peer you.

Also visit my web-site ... Www.Ziki.Com

Anónimo disse...

Greetings from Los angeles! I'm bored to death at work so I decided to check out your website on my iphone during lunch break. I really like the knowledge you provide here and can't wait to take
a look when I get home. I'm amazed at how quick your blog loaded on my mobile .. I'm not even using WIFI, just
3G .. Anyhow, wonderful blog!

Here is my web-site genf20 plus

Anónimo disse...

Article writing is also a fun, if you know afterward you can write if not it is difficult to write.



My site :: http://beta.truck.net/blogs/380254/512827/advice-on-how-you-can-reduce-the

Anónimo disse...

whoah this weblog is wonderful i like reading your posts.

Stay up the great work! You recognize, many persons are searching round for this info, you could help them greatly.



Feel free to surf to my webpage Male enhancement pills :: www.topcartomanziatelefonica.com
::

massimo disse...

If some one needs expert view on the topic of running a blog after that i advise him/her to visit this web site, Keep up the nice work.