domingo, 1 de maio de 2011

Escrever-me


Escrever-te o quê?

Se na verdade só quero escrever

O meu sinal com a ponta dos meus dedos

Ou escrever para sempre o teu sabor em mim

Ou meu cheiro em ti

De maneira que sempre que o cheires te lembres de mim

Das minhas mãos

Escrever-te o quê?

Se só me quero escrever a mim

2 comentários:

Fernando Samuel disse...

VIVA O 1º DE MAIO!

Um beijo amigo.

Mar Arável disse...

... e assim se partilha