segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Psiuuuuuuuuuu!


Não me tem apetecido escrever, nem falar, nem comunicar de uma maneira geral, o Natal não foi mau, um pouco escuro apesar de ter tido electricidade, não me aconteceu como o pessoal do Oeste, tive doces de Natal apesar de não terem como ingrediente principal o carinho com que os costumo fazer, tive mesa de Natal, mas não pude ser eu a colocar os pratos, da forma que gosto, sobre a toalha de Natal, com guardanapos de papel, mas comprados especialmente para a ocasião, dei algumas lembranças, nenhuma feita por mim este ano, recebi outras, recebi muito carinho, é verdade, desde a foto que concentra os meus tios paternos e o meu pai devidamente emoldurada, num resto de infância, em volta do meu avô, até aos cd´s que queria, oferecidos pelos meus filhos, adquiridos, obviamente pelo pai, até a moldura já recheada com o meu sobrinho patusco, não foi mau, mas eu não me sinto eu, nem bem, nem alegre, o que é facto é que as noticias agoniam-me e dou comigo a insultar os locutores, as poucas saídas deixam-me triste, porque dependo de alguém para me descer, subir, levar, porque constato de forma mais marcante a falta de civismo de quem usa um elevador prioritário para carros de bebé e cadeiras de rodas com a escada rolante ali mesmo ao lado, porque tenho saudades de várias pessoas, tantas que quase me rebenta a garganta com a dor, num aperto angustiante, porque tenho saudades de ser autónoma, de dormir na minha posição favorita, de me mexer e de trabalhar porque estar presa assim de mim própria é muito cansativo.

Por isso psiuuuuuuuu! Isto passa!

7 comentários:

Jo disse...

compreendo-te... beijinhos e melhoras... 2010 vai ser melhor

Maria disse...

Já só falta um bocadinho, Ana...
Um excelente 2010 para ti, para nós...

Beijo

Zorze disse...

Ana,

Compreendo-te sem experenciar o efeito.
Mas, olha, vem cá! Deixa-me te dizer!
Hoje tive um dia do Caravaggio.

Daqueles que eu gosto. À abarrotar. Gente aos gritos, que é inadmissível, que este País é uma vergonha, que estava desde as 11H30 com uma criança de 1 ano, meses, que era uma vergonha, gente ao lado seguia o mesmo diapasão, uma criança, outros esbracejavam senhas na mão, estou aqui há hora e meia, é uma vergonha, chamem o responsável, gritaria a montes, tiros de falta de civismo à queima roupa para cima dos meus colegas.
Eu ia segurando as pontas, esbracejava, mentalmente mandá-va-lhos para o caralho, para a cona da mãe deles, pareciam bichos ao contrário.
Quando atacavam os meus colegas, respondia por eles, eu adoro dias assim como estes, não faças isso que vai haver granel, vou fazer porque adoro, barracada armada, e eu respondo à letra, de cortar os pulsos, depois fazê-los sofrer, mais um ferro espetado na lombada. Que venham, não saem sem troco, é uma tourada generalizada.

E tu sossegadinha! Tás a ver o que perdes!

Beijos,
Zorze

Fernando Samuel disse...

Passa. Está quase a passar...

Um beijo.

Anónimo disse...

tudo passa...
abraço do vale

Luciano Barata disse...

Ana
Votos para um melhor Ano, o próximo.
Este realmente está quase a passar e não te vai deixar saudades.
Todos queremos ver-te, sem a cadeira, na luta por melhores dias e anos.
Beijinho
L.B.

Anónimo disse...

"2010 vai ser melhor!
Nem é preciso muito para ser melhor
Repara tu vais ficar boa, também os dias começam a crescer e lá para o Verão poderemos ir para a praia,talvez sem pagar portagem na entrada da praia.

Tem dias, por cá também tem dias hoje não foi grande coisa, amanhã vai ser melhor, quem sabe?

Votos de Bom Ano para ti,família e roda de amigos

Um Abraço

Lagartinha de Alhos Vedros