quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Chocolate e pêssego


Nestes últimos dias tem sido mais difícil para mim escrever, podia-se pensar exactamente o contrário, que este tempo todo vazio torna-se mais fácil escrever, mas não, por um lado fisicamente é difícil escrever com o computador ao colo, a perna esticada com um saco de ervilhas congeladas para descongestionar, arde-me um bocadinho porque as bolhas rebentaram e ardem, não consigo ler também, acho que é por um lado efeitos da morfina que me injectaram na espinal medula, as letras tendem-se a encavalitar, como se estivessem a jogar às escondidas comigo.
Portanto custa-me escrever, não vou respondendo aos comentários, mas aprecio-os imenso, também não vou comentar aos vossos espaços, não me levem a mal!
Mas nem tudo são tristezas esta pausa forçada tem tido momentos hilariantes e divertidos, como duas mulheres, eu e a minha amiga, anfitriã, enfermeira, companheira de muitas coisas, uma espécie de outra mana mais nova, a fazer um verdadeiro número de circo para me dar banho, escanchada na banheira com a perna partida de fora a esfregar-me com espuma de banho de chocolate e acabarmos as duas num ataque riso, ou o médico tirar todos os revestimentos que protegem pregos e parafusos e dizer que quer uma lanceta e dizer “Quando doer diga” e eu a sentir picadas várias cada vez mais profundas e aguentar-me num silêncio de múmia até que o médico pergunta “Não lhe dói?!”, “Dói, sim doutor, mas eu aguento!”, “Ó Dª Ana eu estava a ver se tinha sensibilidade...”.
Pois! Figuras tristes!
Como agarrar e fazer o meu rali, WC, cozinha, estacionar a cadeira, saltar para a chaise longue, tirar o sapato, mas não o tirei, atirei, foi parar quase na lareira, e depois fiquei aflita, como é que conseguia ir buscar o sapato, só com uma perna boa, calçada com uma peúga, pronto fiz outra acrobacia, tirei a peúga, firmei o pé nu no chão, montei a garbosa cadeira de rodas e fui buscar o sapato...
Hoje já tomei banho, com a perna embrulhada num saco do lixo, sentada num banco, o único percalço foi a minha amiga ter acabado ensopada porque o chuveiro ganhou vida própria e molhou tudo, incluindo ela, mas pronto hoje foi espuma de banho com cheiro a pêssego...

12 comentários:

Anabela disse...

Amiga, no mínimo deve ter sido super divertido, adorava ter assistido ao banho. Quanto às dificuldades, haja engenho que se ultrapassam todas.
Beijos e até logo.

Maria disse...

Não sei se não chegou a altura de te pedir que tenhas mais cuidado com o sapato... não vás tu fazer asneira (já percebi que és 'propênsica').
O resto até pode ser divertido...

Beijos
(e melhoras rápidas)

Anónimo disse...

eheheh
se não são latas, são sapatos!
esses sabores na espuma adocica os dias e a amizade tb. agora tenho estado de cama com febre...mas já passa. amanhã volto a atacar...pessegueiros!
abraço do vale

Zorze disse...

Ana,

Tem cuidado com as acrobacias. Ai, a menina! Ainda por cima arisca.

Para o banho, usa Alfazema. Tem a ver com os espíritos. Também sal marinho para a aura.

Não saias daí, que eu levo-te, fica descansada.

Beijos,
Zorze

salvoconduto disse...

Olha que essa do cheiro a chocolate deixou-me a coçar a cabeça...Boa ideia! Não ligues que eu sou malandro.

Abreijos e cuida-te.

Mar Arável disse...

Melhoras com esse bom sentido

de humor

Layara disse...

...olá, cheguei aqui por conta do Lindo amigo Akhen, li teus momentos de repouso, assim deve ser, primeiro tratar e curar e depois voltar aos afazeres, e tenho certeza que isso passa, sempre digo isso quando algo não está bom.

Ri com o jeito desajeitado de estar na ferrari e com os banhos de sabores, hummm isso é bom...

Melhoras!

Muita Luz!

Akhen disse...

Ana

Já está voltando a Ana. Estou contente com isso. As tuas posições problemáticas, para banhos mais enfáticamente problemáticos, e todas as reacções que isso provoca, com mais uns créditos de problemas que vêm por acrescimo, com risos à mistura, mostram que a Ana está voltando.

PAZ e LUZ na tua casa

os vizinhos da tua mãe disse...

Ana com tudo o que te acontece e ainda consegues fazer-nos rir!
Tem cuidado mas é, com as acrobacias! para a recuperação não se atrasar.
beijinho

Fernando Samuel disse...

O cheiro a pêssego é que safa isso tudo...

Um beijo.

samuel disse...

Espero que também venhas a ganhar alguma coisa com esta vicissitudes... senão apenas nós ganhamos, com os excelentes relatos. :-)

Abreijo.

Anónimo disse...

cá em casa existe espaço, mobilidade, chuveiros com e sem vida, organic bath & shower eucalyptus spearmint e vista sobre o sapal ou tejo. ahhh e ainda podes fazer despachos! se precisares do teu vizinho de cima avisa.

Chromatics - Running Up That Hill
http://www.youtube.com/watch?v=LUQaocQCMTs