Vou já!

Levantar, acordar pode ser daqui por um pedacinho, consigo tomar duche em piloto automático, champô de cenoura, sabonete de cedro, a agua a correr das costas aos pés passando pelas coxas….
Um copo de sumo, um pão com fiambre, seis comprimidos alinhados, pareço as velhotas do Inatel, quando a minha avó me levava a Entre os Rios ou Vila Nova da Cerveira, as velhotas colocavam assim os comprimidos para tomar ao pequeno almoço, vestir, convêm que os chinelos façam par, secar o cabelo, não muito, não vale a pena, pegar no carro, já ouvi as noticias, seis pessoas que ficaram cegas com um tratamento ocular feito com um medicamento que afinal não era bem para aquele fim, provavelmente estiveram meses de espera, encheram-se de esperanças de ver melhor, acabaram, para já num poço de escuridão, uma operação do FBI que desmantelou uma rede que procedia á lavagem de dinheiro e ao tráfico órgãos humanos, nesse rede estavam rabis e legisladores republicanos, mais um ex ministro que é indiciado, mas que não sabia de nada, um primeiro ministro presumido, presunção e agua benta cada qual toma a que quer, neste caso não, porque eu também patrocino a agua benta…
Amanhã é sábado, este sábado até posso dormir mais um bocadinho, um bocadinho só, hoje ainda tenho umas coisitas para resolver, uns apoios a prestar, deixo as compras para amanhã: frutas, pois claro, massas, fiambre, pão ralado, o carro está imundo, hoje ainda tenho que ligar ao Hospital, ao Médico, saber como é, na minha frente, inesperadamente, esteve uma adolescente lavada em lágrimas com as suas dúvidas existenciais, tem uns olhos grandes e lindos, falei da forma que sei, com o coração nas mãos, disse-lhe que os pais também estariam assustados com o seu crescimento, ofereci-lhe colo.
Vou tentar levar os meus meninos à mata para correrem e sujarem-se, a mais um dia de praia, estafante sem dúvida, depois despeço-me deles, adeus até para o ano…alguns já não voltam, outros sim, alguns vou cruzar-me com eles todo o ano, vão abraçar-se a mim e gritar pelo o meu nome na rua.
Ainda falta um tempinho para as férias, um bocadinho…ao longe o mar chama-me e eu digo “Vou já!”

Comentários

Zorze disse…
Ana,

A azáfama do dia-a-dia, as notícias de um mundo louco, para a semana, volto ao turbilhão do stress.
Também lhes digo, vou já!

Duche em piloto automático? Não é daqueles que se sai do banho ainda com uma ramelita no canto do olho.

A parte dos comprimidos, já sabes a minha opinião.

Beijos e vou já,
Zorze
mugabe disse…
hummmm gostei dessa do champô de cenoura e do sabonete de cedro, mas.....seis comprimidos Ana ? haverá nexexidade ? isso assusta-me, eu tomo só três.

Abraço!
korrosiva disse…
Como sempre adoro ler as descrições que fazes do teu dia-a-dia :)

beijinhoss
bom fim de semana
Fernando Samuel disse…
Vai, e descansa muito.

Um beijo grande.
Uff! fiquei cansado, só de ler...
Bom fds
PS: Vai respirar um bocadinho de Liberdade até ao Rochedo. Se te apetecer, claro...
samuel disse…
Vai e renova tudo o que fer possível renovar. Por "dentro"... pois por fora não me parece nada que esteja a ser preciso. :-)))

Abreijo.
Diogo disse…
Entrei hoje de férias. Mas já tenho um portátil com Internet. Já não preciso de fazer uma enorme ginástica para manter o meu mais querido hobby.

Beijo
Ana Camarra disse…
Zorze

Não fica ramela nenhuma…

Mugabe

Infelizmente é necessário!

Korrosiva

Omito umas partes…

Fernando Samuel

Ainda falta 3 semanas.

Carlos

Já lá fui.

Samuel

Vou tentando renovar o que posso.

beijos
Ana Camarra disse…
Diogo

Desculpa dizer isto, mas vou desejar que as tuas férias passem depressinha.

desculpa!

BOAS FÉRIAS
Akhen disse…
Fiquei a pensar se, mesmo sendo tudo feito a correr, o tempo chegará.
Mas do que eu gostei mais e porque tentei visualizar a cena, o que quase consegui, foram os meninos, a abraçarem e gritarem o nome na rua.
São aqueles abraços e aquele nome que nunca se esquecem, dure a vida o tempo que durar.
SENSEI disse…
Escuta!
O marulhar de fins de tarde preguiçosos, já clamam por ti.

Não te atrases.

Ouss
salvoconduto disse…
Até lá tens que também contar com estes outros amigos.

Abreijos.
Ana Camarra disse…
Akhen

Foi só preciso ir ao supermercado hoje, lá ouvi uma vozinha "Ana!"...

Salvo

E fazem-me falta vocês...


beijos
Ana Camarra disse…
Sensei

Ainda falta uma mão cheia de dias...

beijos