terça-feira, 30 de junho de 2009

Sou louca por ti América!




A 10 de Setembro de 1973, Augusto Pinochet encabeçou um golpe de estado com apoio velado dos Estados Unidos da América, tendo assassinado o Presidente Eleito Salvador Allende, bem como milhares de chilenos que se opuseram ao brutal Golpe.
Numa madrugada de 2009 outro golpe de estado depõe um Presidente eleito, Manuel Zalaya, noutro país da América Latina, as Honduras, diplomatas e ministros foram sequestrados, num claro atropelo ás convenções diplomáticas.
A América Latina têm vindo a levantar cabeça nos últimos anos, o seu povo tem vindo a desenhar um caminho de esperança, longe da submissão quase escrava a interesses tão diversos, que os reduziam a Republicas da Bananas, Centros de Prostituição e de narco tráfico, para além de assistirem ao desaparecimento sucessivo das suas riquezas naturais em prole de outros.
O governo do meu país ainda não condenou inequivocamente tal facto, como tal condeno-o já que os meus legítimos representantes não me representam, a comunicação social continua a bombardear-nos com a vida e morte de Michael Jackson e outras coisas que tais, pouco fala das Honduras, nem sei porque me espanto…

11 comentários:

salvoconduto disse...

Se estás à espera que o governo do teu país condene o golpe bem podes esperar sentada.

Abreijos.

PAULO LONTRO disse...

Se esqueceres o Chavez a razão poderá andar por perto do que escreveste... é que a contribuição dele, do Hugo, para a democracia é de facto um "exemplo" ...

Cidadão do Mundo disse...

Bom post Ana....a imprensa ocidental tudo faz para não nos lembrar-mos do golpe nas Honduras,..claro, faz sentido é o capitalismo selvagem contra a revolução bolivariana que está em causa.

Abraço

alfa disse...

Sim, essa é uma das tragédias da América Latina: governos corruptos, exploradores do seu próprio povo, incompetentes...

http://movimentodaspalavrasarmadas.blogspot.com/

Zorze disse...

Ana,

Isto ainda não acabou, o Presidente Zalaya vai regressar na quinta-feira e aguardemos o desenrolar dos factos.
Tenho para mim que este golpe já está ferido de morte.

E o que é que o Michael Jackson tem a ver com isto? Deixa lá o rapaz sossegar no extrafísico, já que no intra não o largavam.

Beijos,
Zorze

Diogo disse...

A morte de Michael Jackson é uma boa imagem da total vacuidade e estupidificação dos Media. Nada de importante aparece, nada de importante é discutido. Há apenas concursos, reality shows, telenovelas e malucos do riso...

Beijo

Luís Filipe Maia disse...

Atendendo a que o EUA condenaram o golpe, os lambe-cús do governo do nosso país já estão à vontade para o fazer.

André Miguel disse...

A América do Sul é o armazém privado da América do Norte.
Portanto achas que isso importa ao mundo dito "ocidental"?!

duarte disse...

condeno os mudos que não o são, condeno os jornalistas que não o são, condeno os democratas que não o são, condeno os condenadores que nunco o foram, condeno-me por pertencer a esta "raça humana" por não o ser de forma sufienciente e eficiente.
abraço do vale

Fernando Samuel disse...

Razões para espanto, não há. Razões para denunciar a situação, há muitas.

Um beijo.

Ana Camarra disse...

Salvo-Sentada, deitada...

Paulo-Não falei do Hugo ou falei?!

Cidadão-A imprensa faz um silêncio ensurdecedor.

Alfa-até um dia!

Zorze-Espero que tenhas muita razão, mas não parece. Eu por mim deixava o Michael em paz.

Diogo-Vão mantendo a malta entretida!

Luis Filipa Maia-È capaz!

André-Importa que continue como está.

Duarte- A surdez selectiva é uma doença grave.

Fernando Samuel-Imensas.

Beijos