quinta-feira, 7 de maio de 2009

Estupidamente doem-me os pés.

Estupidamente doem-me os pés.
Estupidamente porque verificando o adágio familiar de que sou parecida com o meu pai, fiz o mesmo erro anedótico que ele fez, calcei uns sapatos novos e só a meio do dia descobri que me magoavam porque tinham os cartões lá dentro!
Portanto doem-me os pés, a cabeça também, com uma sensação de ressaca que dura algumas semanas, fruto de noites mal dormidas e preocupações diversas.
Fico meio despida naquela posição incomoda enquanto uma espécie de anel com muitas luzes sobre e desce ao longo do meu corpo, da cabine só dizem “Não se mova, não respire!”
Eu sei que é rápido mas parece eterno.
Aquela aparelhagem faz-me lembrar os filmes de ficção quando era pequena, no Espaço 1999 também viam assim os corpos…

Penso em muitas coisa, apetece-me o mar, apetece-me descontrair, apetece-me um som bom e falar de coisas triviais, apetece-me que alguém me diga que está tudo bem e que tudo vai correr bem, um abraço, apetece-me uma calma que não tenho há muito tempo.
Medem, tornam a medir, não respiro, não mexo, doem-me os pés e a cabeça, os dois extremos, tenho frio, depois acaba “Pode levantar-se”.
E eu levanto-me, levanto-me sempre

11 comentários:

sagher disse...

ESTA TUDO BEM AMIGA. VAIS LEVANTAR-TE E SE NÃO TIRARES O CARTÃO DOS SAPATOS, OS PÉS CONTINUAM A DOER, MAS JA SABES A RAZÃO
UM BEIJO E UM ABRAÇO

Anónimo disse...

Linda:

Vai correr tudo bem, sei que sim, essa dos cartões é mesmo tua!

beijos

KL

Anónimo disse...

Olá amiga, o que é importante é levantares-te sempre e nunca desistir. Tudo vai correr bem!!!!
Essa do cartão nos sapatos....
Beijos
Ivone

André Miguel disse...

Então já somos dois.
Não imaginas o quanto estou a precisar de descanso!
Tenho saudades de nada fazer, de falar de coisas banais, de dormir sem preocupações, de passear, descontrair, divagar...

salvoconduto disse...

Por vezes também me doem os pés, mas é porque me os trilham...

Quanto ao resto, vai correr bem, vai ficar tudo bem, desde que te levantes claro. Para ajudar mando-te um abraço mais um beijo.

Anónimo disse...

Aninha, só tu para te esqueceres dos cartões!
Vou passar mais uns dias fora, aparece lá!
Um abracinho
Lagartinha de Alhos Vedros

Diogo disse...

(andas zangado comigo?!). Evidentemente que não.


Estás com algum problema Ana? Que se passa?

Um beijo de um grande amigo.

Fernando Samuel disse...

Levantar-se sempre: eis o segredo...
Que tudo corra bem, muito bem.

Um beijo.

Ana Camarra disse...

Sagher-Já tirei os cartões....

Kl-È herdada!

Ivone-Já sabes que sou teimosa, não desisto.

Salvo-Pois também me trilham, mas foi mesmo os cartões.

Lagartinha-Se puder apareço!

Diogo-Estou com tantos problemas ao mesmo tempo que até mete nojo!(Senti falta das tuas visitas diárias, pensei que estavas zangado)

Fernando Samuel-Levantar, como os gatos!

Beijos

Ana Camarra disse...

André Miguel

Acho que já nem me lembro!

beijos

Zorze disse...

Anocas,

Além dos cartões no sapatinho, o abanar os pézinhos quando estás sentada, pode originar em algo, sei lá...

Voilá!

Dores nos pés!

Beijos,
Zorze