quinta-feira, 16 de abril de 2009

Conta-me Histórias

Gosto muito desta música, sempre gostei, aliás.
Acho a letra poética.
Canto-a em surdina muitas vezes, outras vezes menos em surdina, outras só para dentro.
Gosto ainda mais dela cantada pela Manuela dos Clã, porque me identifico com a música e assim cantada no feminino soa melhor.
Como não encontrei um vídeo ao meu gosto fiz eu este, foi um momento criativo ou não!

8 comentários:

Anónimo disse...

Que bom estar por aqui ouvindo a músiquinha que escolhes para nós!
Desta vez deste-nos mais uma prenda, um video feito por ti, obrigada amiga, gostei muito!
Um abraço
Lagartinha

Diogo disse...

Então, temos aqui uma realizadora de mão cheia. Já não bastavam as prosas e os poemas, também agora na sétima arte...

Beijo

Zorze disse...

Ana,

Mas tens jeito, sim senhora!

São as belezas plásticas!

Beijos,
Zorze

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Fiquei estupefacto! Parabéns

Mar Arável disse...

Criatividade

não tem limites

CRN disse...

Uma vez criativo, sempre criativo.

A revolução é hoje!

Fernando Samuel disse...

O vídeo é notável. Parabéns.

Um beijo.

Ana Camarra disse...

Lagartinha-Eu adoro "fazer" coisas, gostava muito de saber tocar um instrumento musical, pintar, uma coisa dessas, assim dedico-me a isto, ao tricot, á culinária, aos bordados e ás artes decorativas.

Diogo-É o que digo, estragas-me com mimos!

Zorze-ès um querido!

Carlos-Também não é caso para tanto.

Mar Arável-Pois é bom que não tenha!

CRN-Sempre!

Fernando Samuel-Notàvel também é exagero.

BEIJOS

(o video é só mais uma reflexão inconformista desta mulher)