Não vale a pena ires ver se estou ali...estou aqui, mesmo!


Existem pedaços quebrados de mim por muitos lados.
Espalhados
Junto com a chuva, com ventos diferentes, alísios, suão, siroco, não sei, nunca lhes pergunto o nome, sei que o suão é quente e carrega consigo um cheiro de especiarias e uma poeira do deserto.
Espalhados ao sol, pedaços de um eu ainda infantil, que se maravilha com certas coisas quase insignificantes, que respira atordoada o cheiro dos pinheiros mansos, a minha árvore favorita, que sorri toda com o mar.
Guardei outros pedaços de parte, temporariamente, até para não os desgastar.
Guardo só para mim pequenos pedaços, apesar de saber que o mundo continua a girar, que diversas injustiças, muitas, imensas a ocorrer, coisas em que é preciso batalhar na mesma, mas pronto tirei um pedaço só para mim, que me impede de hibernar ou de me atirar ao mar, fui comer um peixe grelhado e ver o mar, sem horário.
Carreguei baterias, respirei fundo.
Não hibernei, não me atirei ao mar….

Comentários

salvo disse…
Não vejo o mar mas ouço deliciado a Nina aqui do lado.

Abreijo.
Faz tão bem ficarmos connosco a ver o mar!
Diogo disse…
«Não hibernei, não me atirei ao mar….»

Que pena! O mar estava tão apetecível. E o peixe grelhado sabe tão bem depois...

Beijo
mugabe disse…
Fizeste bem Ana !

Abraço!
Sandra disse…
Ana,

Às vezes a gente fica aos pedaços mesmo, por vezes é alguém que nos faz ficar assim, despedaçada.
Mas nada como um bom pedaço de peixe pra nos alegrar.

Eu não moro perto de nenhum mar, mas gosto muito dele e sempre viajo pra alguma praia (bem longe) e me atiro ao mar, nado e brinco com as ondas. É muito bom.

Um abraço,
Sandra
samuel disse…
O mundo seria melhor se em todo o lado se visse o mar. Por essas e outras hei-de ir viver para os Açores!

Abreijos
Zorze disse…
Ana,

Assim tu és, menina e mulher.

Beijos,
Zorze
duarte disse…
ah gande ana!
com que então fuste passear?
ainda bem. e olha que o peixinho grelhado até devia estar bom.
nunca deixes que os ventos te levem esse pedaço de ti...
and don't worry be happy.
abraço do vale
Fernando Samuel disse…
Estando «aqui mesmo» estás no sítio certo...
Até logo.

um beijo.
Ana Camarra disse…
Salvo-Também é bom! Nina com mar é ainda melhor.

Carlos-è um remédio instantaneo.

Diogo-Por acaso o peixe foi primeiro.

Mugabe-Nem tenho dúvidas.

Sandra-Eu acho que não conseguia viver muito longe do mar.

Samuel-Capaz de não ser mal pensado, mas tu tens "base de apoio"

Zorze-E quero continuar assim.

Duarte-Tento estar sempre feliz, por vezes não me deixam...

Fdernando Samuel-Estamos do lado certo.

beijos
Tretoso Mor disse…
Ana,

Normalmente não gosto de estar sozinho, mas de vez em quando, tenho de me afastar só um pouquinho, para poder ouvir a discussão que vai cá dentro.

Sem interferir nessa discussão, só quero saber o que discutem sobre o futuro!...

Tretices grandes para ti.