sábado, 7 de março de 2009

Cenas que me marcaram VII


Era uma vez na América
O filme é de 1984, seis horas, uma reconstrução de época ao primor, uma banda sonora fabulosa e interpretações fantásticas.
Fala sobre miséria, corrupção, amor, amizade, degradação, violência.
Mais que tudo Sérgio Leone levou toda a vida a realizar os chamados western spaghettis (alguns muito bons) e antes de morrer brindou o mundo com este misto de ternura e força.
Eu gosto.

5 comentários:

Maldonado disse...

É um dos meus filmes favoritos... :)

Fernando Samuel disse...

Um dos MEUS filmes!


Um beijo.

mugabe disse...

Ana, fabuloso. Penso que Leone se foi aperfeiçoando de filme para filme, a pulso.

O célebre O Bom O Mau e o Vilão foi também um marco, sem a mesma qualidade estética.

Abraço!

Zorze disse...

Anniette,

Fodace, caralho!

Eu também gosto do filme, tens de dar tempo aos leitores.

Bem sei que não gostas de asneiras, azar do caralho.

Beijos,
Zorze

Ana Camarra disse...

Maldonado,Fernando Samuel e Mugabe-Não sei porquê suspeitava!Digamos que é um filme nosso...

Beijos

Menino Zorze-Desta vez publico, mas quando escreveres palavrões escreve-os como deve de ser.

Para ti malaguetas