quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Porque me apetece!

O melhor é parar a Playlist um bocadinho

Esta música é assim simples.
Nem é nada de especial, arrumadinha, uma voz fresca.
Ouvi esta musica no carro, parada no topo de um viaduto incongruente, no instante em que o sol dava pinceladas de prata por cima do Rio, tornando mais bonitos os moinhos de Alburrica.
O Grupo chama-se Rita Red Shoes, os Sapatos Vermelhos da Rita.
Todas as Ritas que conheço são reguilas, nem sempre da melhor forma.
Os sapatos mais á senhora que tenho são vermelhos, escuros, ponteagudos, com um salto fininho, baixo, porque nunca aprendi a andar de saltos alto.
A minha onda é escrever, mas hoje é diferente!
Esta música é simples, as coisas simples são boas.

16 comentários:

CRN disse...

Ana,
Simples o suficiente para deixar perceber mais facilmente o que diz, boa variação.

Abraço.

A revolução é hoje!

salvoconduto disse...

De vez em quando sabe bem uma pausa.

Abreijo.

Diogo disse...

Só quase no fim é que me lembrei de parar a Playlist. Não faz mal, fica a côr, a cara bonita e a parte final da canção.

Beijo

Ana Camarra disse...

CRN

Deve ser simples o suficiente para compensar as coisas complicadas.

salvoconduto

De vez em quando é essencial.


Beijos

Ana Camarra disse...

Diogo

Não faz mal podes ouvir sempre que quiseres.

beijos

Zorze disse...

Ana,

E apeteceu-te muito bem.
Parece que o mais complicado são as pessoas verem a simplicidade das coisas.

Beijos,
Zorze

Conde disse...

Ainda assim escreves-te,reconheço a forma e o teu jeito,estas condenada a escrever!

Opinador disse...

A vida seria muito melhor se feita de coisas simples. Coisas simples como uma canção suave em cima de um qualquer viaduto, num dos infernais engarrafamentos que "as coisas complicadas" da vida inventaram.
Simples como "os moinhos de Alburrica" e o Tejo prateado em que já ninguém repara porque a vida é complicada. Porque nós a complicámos...

Utopia das Palavras disse...

E afinal é tão... simples!
Vês?

beijos
ausenda

Ana Camarra disse...

Zorze

Pois por vezes é muito simples e não damos conta!

Conde

Pois ainda assim escrevi!
Condenada é muito forte, amigo.

Opinador

Pois e podemos descomplicar também.

Ausenda

È pois!


Beijos

As coisas que oiço disse...

Gostei da música ;)
Mas estava à espera que a intérprete fosse tipo a Dorothy do Feiticeiro de Oz, com sapatinhos de rubi. :)

Ludo Rex disse...

Bela escolha, miga... Deliciosa música... Kisses. Im Happy Again :-)

Ana Camarra disse...

as coisas que ouço - Ideia peregrina a tua! Mas gosto do "Somewere over de Rainbow"

Ludo Rex-Ainda bem que está feliz!

beijos

Marreta disse...

Parece-me ter visto o John Wayne a passar a cavalo lá ao fundo... Não ligues, se calhar ainda são efeitos da minha passagem pelo Extrafísico. Maldito psicadelismo!

Saudações do Marreta.

Ana Camarra disse...

Marreta

Essas pastilhas fazem isso amigo!
Foste ao Extrafisico antes de vires aqui?
Eu acho que o Zorze ainda vai de cana...

beijos

SENSEI disse...

E são tugas!... Pois desconhecia-os!
Quanto ao sol a dar pinceladas de prata por cima do rio!... Pois eu costumo de ver semelhante coisa, mas são os reflexos da Lua, o Sol quando pincela, são pinceladas de oiro reluzente, até encandeia.
Pois é simples!

Xôxos

Ouss