Diferente


Parece que existem partes do meu organismo que não funcionam como deviam. Não é uma grande novidade.
Há coisas no meu corpo que parecem ter vida própria.
Em breve serei outra vez analisada, vários componentes do meu organismo serão medidos.
Aborrece-me essa perspectiva, embora já devesse estar habituada.
Mais do que a intrusão de agulhas, ondas sonoras, na minha intimidade, chateia-me o facto de não medirem nada convenientemente.
Nunca conseguem medir o meu medo naquela altura, maior do que o medo de estar perdida num sítio que não conheço, maior do que os medos da infância.
Nunca conseguem medir os meus desejos, os meus sentimentos, a minha vontade de viver, contrariando aqueles valores de referência, não conseguem de todo medir os meus afectos.
Irão dizer, uma vez mais, que o meu coração tem uma forma invulgar, que lhe dá um ritmo próprio.
Acho que sempre desconfiei disso, o meu coração não está de acordo com as normas vigentes, bate ao seu ritmo, não a um compasso estudado e estereotipado, tem também vida própria.
Sempre o suspeitei.

Comentários

Sunshine disse…
Ana

O teu coração é único.

Um coração imenso e profundo com uma força de vida tão intensa que ultrapassa todas essas medições.

Beijo com toda a minha admiração e carinho.
Ludo Rex disse…
O teu coração é de alguém que sempre luta, de quem não suporta a injustiça... De quem Luta por uma humanidade mais justa...
Kisses
PDuarte disse…
é talvez...grande de mais.
cabe lá tudo.
há poucas pessoas de coração grande.
é pena.
Zorze disse…
Anoquinhas,

Não te stresses. É só carregar nos botões certos e tudo volta a funcionar. É só uma questão de acertar na combinação.

Podemos falhar nos códigos tantas vezes quanto quisermos. Mas quando descobrimos o segredo. Epá, isso é demais!

E já agora, os chakras, pois é. Temos que ver isso.

Beijos,
Zorze
samuel disse…
Que os deuses todos do Olimpo o conservem!
salvoconduto disse…
Não fora esse coração e eu não conheceria este blogue.

Abreijos
José Gil disse…
Ana... Um beijo grande!!!

(literalmente sem saber o que dizer...)
Anónimo disse…
Anita

está visto que isso não está muito bem.
Fico triste e preocupado.
Mas tudo se irá resolver, tenho a certeza.
um beijo muito grande

Zé Manuel
Anónimo disse…
Ana

Your heart is Diamond shape
And Diamonds live forever !

KL
Capitão Merda disse…
Vai tudo correr bem!

Bj.
duarte disse…
não te apoquentes... tudo pode ser concertado.
enquanto não,deixa que seja diferente,pois é essa tua diferença que nos traz aqui...
a apreciar sensibilidade a brotar nesse campo de flores.
que pulse por muitos e longos anos,esse teu coração diferente.
duarte a apreciar aromas
Ana Camarra disse…
Sunshine – Todos os corações são únicos!

Ludo Rex-Isso sim amigo!

Pduarte-O coração é um órgão elástico.

Zorze-No dia em que descobrir os botões, digo-te.

Samuel-Terei de contar mais comigo.

Salvoconduto-ès um querido!

José Gil-Obrigado.

Zé Manuel-Isto tem dias, cá por dentro também, mas vai correr bem, sim.

KL-Diamante é exagero.

Capitão Merda-Vai Pois.

Duarte-Saboreia o que quiseres, mi casa su casa.

Beijos
Anónimo disse…
Amiga, o teu coração é só muito grande, mas a tua vontade enorme há-de conseguir tomar conta desse rebelde insubmisso.

Um abraço forte sem aleijar.

Lagartinha de Alhos Vedros
CRN disse…
Ana,
Todos os orgãos, ainda que cada um com a sua identidade, conseguem, quiça por isso mesmo, contituir um organismo que debita desta maneira.
Será questão de lhes mostrar o sentido da solidariedade, ensinar-lhes que é o coração quem lhes dá vida.

A revolução é hoje!
Fernando Samuel disse…
Há coisas para as quais não se conhecem medidas...


Um beijo muito fraterno.
Lúcia disse…
Pois é, Ana, o que mais queríamos ver radiografado...não sai:(
Beijos
Ana Camarra disse…
Lagartinha-Teimosa sou sim senhora!

CRN-Vou tentando!

Fernando Samuel-Pois há.

Lúcia-Pois o importante não tiram medidas.

Beijos
Menina Idalina disse…
Ainda bem que o teu coração não é só um músculo, rotineiro e mecânico .
Ainda bem que o teu coração bate ao som dos teus sentimentos, e com eles te podes re-criar .

Bj