Colecção de Cromos



Quando eu era miúda coleccionava furiosamente cromos. Era todo dia a juntar tostões (tostões mesmo) para depois ir aplicar tudo na Papelaria do Ti Xico Câmara (Rua Aguiar) ou da Dª Laurinda (Rua Dr. Câmara Pestana).
Para além dos cromos massacrava nas papelarias, eu e todos, para me darem figurinhas que eram assim uns bonecos de papel com ar piroso que se colocavam religiosamente dentro das folhas de cadernos ou dos livros, junto com as pratas alisadas, com a ponta do dedo molhado em saliva, de gatinhos e ratinhos de chocolate Regina.
O ti Xico Câmara mostrava uma paciência de Job, a Dª Laurinda parecia um caracol saído da casca, toda encaracolada a segurar firmemente uma pasta com valores selados, de vez em quando a dentadura escorregava-lhe da boca e ela com um impressionante movimento de mandíbulas apanhava a dita cuja no ar.
Os cromos eram sobre tudo: o Vickie, futebolistas, profissões, povos do mundo, eu sei lá.
Mesmo sem perceber nada do assunto, nem os de futebol me escapavam.
Cada vez que lançavam uma caderneta nova era ver a miudagem a trocar cromos, uns eram sempre mais difíceis que outros e valiam mais, como tal existia uma bolsa de valores, o cromo x valia 3 ou 4 y.
Para colar os cromos entrava á socapa nos CTT e usava a cola ali instalada em boiões de vidro de yougurt com um pincel manhoso, até sermos detectados e sermos corridos dali.
Depois apareceram cromos autocolantes, coisa muito á frente.
Agora não dou conta de existirem colecções de cromos, nem guardei nenhuma das minhas colecções.
Agora colecciono outro tipo de cromos, os cromos da nossa governação por exemplo, aponto num caderninho citações perfeitamente absurdas que ouço em reuniões, actos públicos, sessões solenes ou reuniões, na Tv. e na rádio, e ainda escritas em qualquer lado.
A minha pérola é Algarvia e estava num tasco em Ferragudo

“Temos percebes” “We have understans”.

Comentários

Rei da Lã disse…
Estar aí o Benfica é que poderia ter sido evitado...
;)
Capitão Merda disse…
"We have understans"?!

Foi o engenheiríssimo Sócrates que escreveu?
Anónimo disse…
Anita

Já vi que hoje já está muito mais disposta.
Ainda bem.
Está de vermelho?
Os cromos era uma loucura, também fazia.

beijinho

Augusto
Eduardo disse…
Minha rica Ana

Já me fez rir de gozo.

Eu fazia o mesmo

Agora os We have understans...

hahahaha

Grandes beijos
Anónimo disse…
Olha lá miúda

El niño apresenta-se ao serviço.
Cromos hum pois era, quando falei dos cromos á minha filha arregalou os olhos parecia que eu estava a falar chinês e pediu-me mais um jogo para a PSP.
PSP que ainda por cima é nome de bófia.
Agora rói-te de inveja porque ainda tenho uma colecção de cromos “Animais do cinco continentes”, ficou guardada em cima do roupeiro dos meus avós, só quando a velhota quinou é que se descobriu.
A caderneta parece contraplacado porque os cromos foram colados com uma mistela de água e farinha que o meu avó apregoava como cola para não me comprar mais nenhuma….

Enfim se tudo correr bem ainda venho cá outra vez.

Esse reizinho ainda me tem que explicar qual é problema com o glorioso, invejas

Até logo miúda

Paulo
Anónimo disse…
Ana

Nunca tinha cá vindo.
Dei com um comentário seu que gostei, noutro blogue.
Vim cá espreitar e fiquei fã.
Os cromos era uma loucura.
Parabéns.

João
Rei da Lã disse…
Sr.ª Ana:
Diga ao Sr. Paulo, por favor, que não tenho nada a explicar.
Anónimo disse…
Ana

Chegou a hora do almoço e tenho tempo para estas merdas que o chefe foi para o restaurante.
Cromos cada vez há mais.
Não saem nas cadernetas, mas é só ver o telejornal.

Paulino meu rico menino, já estar a chatear o Rei da Lã, não me parece bem.
A gente depois conversa.

Tu, doida, não me mandes mails daqueles sem aviso que o chefe ainda tem o ataque, tive de cortar o som com muita rapidez.

Beijos muitos

Lena G.
Ana Camarra disse…
Então aqui vai:

rei da lã: foi os benecos que encontrei com cromos...

Capitão Merda: Meu Capitão, não sei mas sendo no Algarve pode ter sido...o Sr. Silva.

Augusto, João e Eduardo: Obrigado

Paulinho, meu menino: Também fiz dessas colas, grandes javardisses, mas nos CTT era muito mais fixe.

Rei da Lã: não ligue ao Paulinho

Lenita: Tens razão, cromos é no telejornal. Os mail está descansada, agora mando no assunto "explosivo".

Beijocas para todos
Anónimo disse…
Ana

Já vi que está decidida a abrir o maravilhoso baú da infância.
Isto dá-me uma nostalgia enorme.
Mas também aparece quem fale noutros baús, o Paulinho é o primo do Mário Miguel?
Pela conversa (dele e tua) parece.
Também me lembro desses fins-de-semana de Meco, aos seis e sete em cada carro, lembras-te da minha Diane com o tecto roto?
Vocês lá faziam o topless e nós não tirávamos nada porque era…embaraçante.
E a Mila levava a namorada da época, éramos muito liberais.
Falando desse António era mesmo um grande cromo, parecia um adesivo.
De facto tiveste um conjunto de admiradores muito cromos.
E como falas bem inglês calhava-te tudo quanto era estrangeiro a apaixonar-se pela tugasinha.

As minhas filhas também não sabem o que são cadernetas de cromos.

Eu em informática sou um analfabeto, preciso sempre da ajuda da miúda mais velha.

Beijinhos

Zé Manuel
CRN disse…
Exacto! O meu primeiro automóvel, o primeiro, o segundo e o vigésimo, foram os carrinhos de chocolate da Regina. Quanto a cromos, futebol e formula 1, hoje só espero poder perder a colecção que nos querem impingir, a dos afanadores da assembleia, mas não é fácil, há quem diga que lhe dá imenso gozo esta nova fília e que "from lost to the river"!
Anónimo disse…
Boa tarde Ana

Já cá estou outra vez.
Ora aqui estou uma vez mais, aqui está um texto daqueles que eu gosto, não quero dizer que não gosto doutros.
Só uma correcção, a papelaria do Ti Xico Câmara não ficava na Rua Marquez de Pombal?
Depois havia a Dª Sílvia da Papelaria Universal a Papelaria do Ruivinho e a Tipografia do teu bisavô (?) onde também se vendia material desse.
A Dª Laurinda era tal e qual como dizes.

Beijos

(Anónimo Barreirense)
Ana Camarra disse…
Zé Manuel - Agora não tenho tempo para muito mais, mas as recordações são assim abre-se a torneira....

Crn-Carros, lápis, corações, sombrinhas tudo de chocolate, chocolate Coma com pão (o meu favorito), bonbons de ginja da Regina (quais mon Cherie)

Anónimo Barreirense - Quanto ao Ti Xico Camara se calhar tem razão.

jinhos
Eric Blair disse…
ah, mas estes agora são mais difíceis de coleccionar, porque a colecção não tem fim; para além de que todos ajudamos a pagar a colecção...
poesianopopular disse…
Ana
Os cromos actuais merecem ser colados com merda!
E depois, postos ao sol, esperando que as moscas cheguem!
Bino disse…
Os meus cromos, comprava-os na Joaquim Vicente França, ao lado da escola masculina, que eu cá sou filho da Verderena. A papelaria da Laurinda descobri-a mais tarde, por causa dos livros. Perto, na Eusébio Leão comprava os LPs, no "Calçada" e depois, mais abaixo havia o estúdio do Cabrita. Velhos tempos...
CRN disse…
A colecção tem fim, basta querermos!
Ana Camarra disse…
poesianopopular-Pois é!

bino-Todos tempos são bons e maus temos é que Vive-los.

crn-Então e a música, não dizes nada esforça-se uma gaja para entrar musicas a bater com os posts...

beijocas
SENSEI disse…
Eu também coleccionava cromos, era cá um cromo!... Todo o tostãozito que agarrava era para os cromos da bola, para os das armas de todo o mundo, os do Bruce Lee, os dos povos e continentes, os do Espaço 1999, eu sei lá que mais!
Agora colecciono outro tipo de cromos, mas como não lhes fazem cadernetas, de 4 em 4 anos é isto, aparece cada cromo, um melhor que o outro, é que depois os cromos só fazem merda.
Olha, como não têm caderneta, vão-se colando pelos blogues, assim a modos que adaptados e por uns momentos fazem-nos rir na blogosfera, porque na vida real é mais choro e, vontade de os rasgar em mil pedaços.
Estou em pulgas para ver que cromos nos vão sair em 2009, se calhar são repetidos e, logo sem qualquer valor, é que se assim for, nem dão para limpar o 3º olho, aquele que é cego!
Zé Ferradura disse…
Viva Ana,

O Benfica fica aqui muito bem, ai pois fica!

Já agora há por aqui alguns cromos para a troca ?

Saudações Benfiquistas
Zè Ferradura
Ana Camarra disse…
Sensei- Vamos ver pode ser que nos saia uma novidade....
Ana Camarra disse…
Zé Ferradura - Lamento a desilusão mas não sofro de clubites.
O Benfica foi o que arranjei de bonecos.
Vamos trocando assim os cromos.

beijocas
CRN disse…
Está visto que também bebêmos muita laranjina "C"..
Anónimo disse…
Olha que giro!
Anónimo disse…
Ana

O maluco do Paulinho apresentou-me o teu sitio, ainda bem que estou de férias e como ainda estou por cá foi a tarde toda a ler e a rir.
E a ficar sério com outras coisas.
Só tu, já estou como o Zé Manuel (o do Alpinismo?!)só falta ouvir a tua voz.
Temos que combinar uma pastucada com a malta toda para depois do Verão.
Está descansada que não bate na Festa do Avante...hihih

Ainda bem que és assim
Tenho muito orgulho de ser teu amigo.
Já agora todas as cores te ficam bem

A minha irmã manda beijinhos também

Mário
Ana Camarra disse…
crn - Era o unico refrigerante com gas que eu bebia.
Ana Camarra disse…
Mario

Ate parece que vivemos muito longe uns dos outros, caraças.
Ainda um sabado deste bebemos um cafe de manhã, não foi?
Tu até sabes onde me encontrar.

As melhoras
goleador disse…
Aqui tens mais um cromo
para a colecção.

ahahahahahahahah
Ana Camarra disse…
Goleador

Neste caso o chamado cromo da bola
Odysseus disse…
Curtia fazer colecçõe sde cromos, mas irritava-me porque duravam pouco tempo. Não tinha dinheiro para comprar caixas, muitas ficaram incompletas.
Zorze disse…
Minha cara Ana, com que então és do Barreiro, pá?
Se calhar já nos cruzamos por aí ?
Gostei muito do teu blog e vou voltar. Já estás linkado no meu.
Não ligues às criticas, o Benfica é o maior.

Beijos,
Zorze
Rei da Lã disse…
Falaram na Festa do Avante...
Que grandes desbundas que já lá vivi! Na Ajuda, em Loures, na Atalaia...
E já lá não vou há uns anos...
Ana Camarra disse…
Odysseus - As minhas também não ficaram todas completas, mas que andavamos entretidos com aquilo andavamos.

Zorze - Se não fosse do Barreiro também não era Camarra. Certo? Se calhar já nos cruzámos.

rei da lã - A Atalaia é melhor do que mesmo a Ajuda, porque é mais nivelado e em o rio ao pé. O ambiente continua a ser o mesmo. Pensa em voltar, porque vale a pena. Politica á parte.

beijocas
CRN disse…
Ideológicamente, nunca assiti a uma festa que me desse mais gozo que a festa da amizade.
Ana Camarra disse…
crn è verdade, e não só ideologicamente porque culturalmene há espaço para tudo.
cada vezque levo lá amigos pela primeira vez voltam.

buenas noches
Atever disse…
Eu nunca tive muita paciência para coleccionar nada, por isso as minhas cadernetas ficavam sempre inacabadas.
A que se aproximou mais do fim, foi uma de armas e soldados mas aí já se compravam cromos à escolha, junto à estação do Rossio.
Eram mais caros mas comprávamos só os que estavam em falta.
Agora é mais fácil fazer a colecção completa. Se não for numa legislatura, é só esperar quatro anos que eles mudem eheheh.
Beijinho.
Chalana disse…
Sempre com o "Glorioso" na luta por um Portugal de Abril
Mac Adame disse…
Que não percebes nada de futebol, está visto, basta olhar para a "inquipa" que escolheste. Quanto à mudança de cromos de papel para os de carne e osso, há uma grande vantagem: agora já não é preciso roubar cola, usa-se cuspo. Beijinhos.
Ana Camarra disse…
atever- Modernices....

Chalana - Bem vindo, desculpa lá mas já disse não sou dada a clubisses o Benfica apareceu por mero acaso. Mas essa junção com a luta por um Portugal de Abril é fascinante.

Mac - Não, não percebo nada de futebol. O cuspo é uma grande verdade.

beijocas
Marreta disse…
Que saudades que eu tenho destes tempos! Ainda guardo algumas cadernetas de cromos míticas, entre elas a do Vickie. Curiosamente nunca, mas nunca consegui terminar uma colecção, o máximo que consegui foi ficar a faltar um cromo.
Lembro-me que jogávamos à palmadinha (com a palma da mão tentáva-se virar o cromo) e ao guelas (berlinde) apostando cromos por fora. Velhos tempos!
Saudações nostálgicas do Marreta.
Kruzes Kanhoto disse…
Que saudades daquele Benfica!!!
Anónimo disse…
É a primeira vez que aqui venho mas para já só lhe quero dizer uma coisa: OBRIGADA
estrela disse…
Boa noite Ana, ainda têm cromos e cadernetas do tempo dos caramelos ?, matosalves@iol.pt, obrigada