Pensamentos Avulsos


O Caso BCP:

Por BCP entenda-se Banco de Crédito do Pai
È claro que os administradores não sabiam de nada do que se passava lá dentro
È claro que quando ocupam estes cargos fazem-no de forma abnegada e altruísta

A Crise:

Ninguém estranha que a maré encha e vaze, não percebo porque é que estranham a crise.
Desde pequenina que ouço falar na crise, tanto como ouço falar no futebol.
A crise é uma coisa natural como as andorinhas voltarem na Primavera.
O Português é um povo que gosta de crise, se assim não fosse deixavam de eleger a cambada de incompetentes que elegem alternadamente.
A crise é uma coisa que dá muito jeito porque serve de desculpa a mais uma dúzia de medidas de contenção orçamental daquelas que vão sempre bater á porta dos do costume ou seja NÒS.

Outras siglas de relevando interesse em descodificar

CCBCasa das Coisas do Berardo
FAMELFoda-se A Mota É Linda
UEUnidos a Espremer
PRPrimeiro-ministro Reformado
PSPorra, é o Sócrates!


(A imagem como devem de calcular é do estado actual do meu mealheiro)

Comentários

Capitão Merda disse…
Eheheheh!
Dá-lhes forte, Ana!
Eu nem mealheiro tenho...

Fica bem
Anónimo disse…
Siglas fabulosas.

He He

Ainda tens mealheiro, está melhor que a maioria dos Portugueses, a miséria cresce como as ervas daninhas.
è o que o governa tem vindo a semear.

Há muitos anos que não ouvia "Cabeças Falantes". Grande som.

Augusto
Eduardo disse…
Olha está, para variar, muito bom.
Gostava de saber formular os meus pensamentos assim.

Vou passar a ser frenquentador frequente.

(Também fui ver o Misterio Juvenil e adorei relembrar muitas coisas)

Bjs
Anónimo disse…
Tens a certeza que isso é teu mealheiro?
Eu acho que são as Finanças Nacionais.

Um beijo amiga

LENA G.
contradicoes disse…
Temos pois que nos unir
para inverter esta tendência
e deixar-mos de admitir
toda esta violência

Os meus cumprimentos
Raul
Tá bem ana. Gosti das çiglas.
E deste-me uma ideia....ahahahah

lá para o monti.

ahahahahah
Mac Adame disse…
Excelente, tudo isto. Faço apenas uma ressalva: "Ninguém estranha que a maré encha e vaze, não percebo porque é que estranham a crise". Ó Ana, claro que é normal que a maré encha e vaze. O que já não é normal é que em Portugal só haja baixa-mar (ainda por cima quando está sempre preia-mar apenas nas praias daqueles que nós bem sabemos). Beijinhos e continua a dar-nos os significados das siglas, que são óptimos.
Ana Camarra disse…
A quem me enviou um link:
Só publico links que eu escolha primeiro.
Ana Camarra disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Capitão Merda disse…
Então, de folga ou em greve de "postagem"?
Fica bem