terça-feira, 29 de abril de 2008

Cravos, escravos e outras coisas...











Eu sei hoje é terça feira, mas nem sempre temos tempo ou disposição. Aqui vai:

25 de Abril
Sempre e não é demais.
Para além dos abraços e dos cravos distribuídos, dos espectáculos, dos fogos de artifício, da emoção de ouvir a Grândola em uníssono, ficam ainda outras coisas como o discurso do Presidente da Republica, sem dúvida infeliz. Já lá diz o ditado “Quem tem telhados de vidro…”
Bonito foi o concerto promovido pela Associação 25 de Abril que a RTP passou na noite de 25 de Abril, bonito e com muitos recados, apesar de alguns cantores da época não poderem estar presentes, muitos não faltaram á chamada e é arrepiante constatar que existem poemas tão actuais agora como há mais de três décadas atrás, “Ei-los que partem velhos e novos…” ,“Vemos, ouvimos e lemos não podemos ignorar…”.
Por isso 25 de Abril Sempre

O sol
O sol veio dar uma cor de verão, ficou logo tudo melhor, foi só um ar de graça.

O PPD/PSD
Pior que os morangos com açúcar ou que o romance do “Tide” que se ouvia na rádio, temos este. Podia ser relatado em jeito de relato de futebol: Avança Jardim e recua, Rio pode ser convocado a qualquer momento, Santana faz uma finta…
È difícil serem levados a sério.

Os novos escravos da Europa
Aparecem notícias avulsas: mulheres do Magreb escravizadas nos campos de morangos em Espanha, mais de três mil portugueses escravizados em Espanha.
MAS O QUE É ISTO?
Estamos na Europa no Século XXI.
Os Europeus ficam indignados com notícias de vendas de crianças e escravatura em Africa e aqui o que é que estamos a criar uma Europa bi-partida, a dos países produtores, dinâmicos, industrializados, lideres e a….dos outros, dos escravos, dos dependentes, da mão de obra de reserva sem direitos…
ISTO NÃO È PORREIRO.

A (in)segurança
Uma esquadra foi invadida em Moscavide, estava lá um só agente….
Parece que não é a primeira vez, parece que não é assunto virgem, já aconteceu no ano tal na esquadra tal e houve agentes agredidos. Enfim, uma tristeza.
Mas isto não fica assim, somos bombardeados com o carjacking, é um bocadinho assustador, mas depois ficamos mais calmos, afinal o alvo preferencial são BMW topo de gama, ufa….estou safa.
Aqui mesmo no Barreiro: uma professora foi agredida por uma aluna de onze anos; um incêndio, supostamente um acto de vandalismo, nas salas de EVT da Escola Mendonça Furtado; uma tentativa de violação coroada com uma agressão brutal a uma estudante de enfermagem, no parque de estacionamento do Hospital; o fim-de-semana deixou ainda um rasto de carros roubados, carros vandalizados, contentores queimados, papeleiras partidas…

A Chama Olímpica, o Dalai Lama, Tibete mais China

Não sou a favor de invasões, não sou a favor de agressões, não sou a favor de totalitarismos.
Estando isto esclarecido passo ao assunto:
O Dalai Lama é um líder espiritual que não é eleito nem escolhido por ninguém.
O Budismo é uma religião que acredita na reencarnação, acreditam também que tudo o que nos acontece nesta vida é consequência da nossa actuação em vidas anteriores.
O Governo Chinês não reconhece a autoridade do Dalai Lama mas já emitiu um decreto no qual o proíbe de reencarnar.
A China invadiu o Tibete na década de quarenta.
A chama Olímpica simboliza a fraternidade entre os povos.
O regime do Tibete antes da invasão chinesa era feudal, comandado pelos Lamas classe aristocrática.



A Má Educação
O Reino Unido equaciona a retirada de qualquer menção ao Holocausto, particularmente no que diz respeito aos campos de concentração, nos manuais escolares. AHN?!
Porquê? Porque parece que alguns muçulmanos mais extremistas consideram que o Holocausto é uma invenção dos Judeus.
Assim o Reino Unido ficará protegido de ataques terroristas (?!?!)
Pois, isto deve de ter saído das mesmas cabecinhas que ainda á meia dúzia de anos achavam que para diminuir o número da grávidas adolescentes no Reino Unido a solução era a de promover o sexo oral como sexo seguro.
Isto em Aulas, nas Escolas, nos manuais escolares.


Enfim, pode ser que no próximo fim-de-semana tudo seja melhor….

3 comentários:

Anónimo disse...

Portugal ocupou Macau durante 450 anos.
Inglaterra ocupou Hong Kong durante cerca de 400 anos.
O Vaticano pediu desculpa a Galileu á meia dúzia de anos.
Os Estados Unidos ainda estão a invadir o Iraque.
A Indonésia invadiu Timor.
O Reino Unido invadiu as Maldivas e mantém Gibraltar.
Não me lembro de nenhum país Europeu que não fosse colonialista há um seculo.
Espanha mantém Ceuta.

Nós também já deviamos ter largado a Madeira. Isso é que era!

Quim

PDuarte disse...

Gosto da musica que me dás.
Os inglses são como aqueles conhecidos que temos e que nos metem as mãos nas costas a fazer passar por amigos e alíados e sempre foram os maiores falsos que connosco conviveram.
A aliança mais antiga do mundo sempre foi a maior farsa do planeta.
Não gosto de alemães nem de ingleses.
Um abraço.

Ui Mozart...
Irei voltar.

Ana Camarra disse...

Pronto agora é um francês