quarta-feira, 26 de março de 2008

Habla Comigo





















Finalmente descobri a maior falha dos nossos governantes – NÃO FALAM CASTELHANO !
Passo a explicar:
Todo o Português que se preza fala Portinhol ou em alternativa Espanholês mas Castelhano é mais difícil, vai daí existem cimeiras e encontros entre o nosso Primeiro-ministro e o Zapateiro mas o nosso não o percebe, quem os percebe é a esposa do nosso Presidente que consegue compreender sempre que a Princesa das Astúrias está grávida, mas isso são anos de treino a falar com algarvios, caramelos e latas de melocoton em Ayamonte.
Se os nossos governantes conseguissem perceber os nuestros hermanos poderiam aplicar medida de apoio á natalidade como a espanhola, nada de cheques-dentista, nada de abonos de gravidez, apenas e só um certificado de qualidade ás empresas que facilitem a reprodução dos seus funcionários! E não são gabinetes com recantos amorosos e luz das velas, são creches e ocupações de tempos livres gratuitas para os filhos dos funcionários, são facilidades de faltar para acompanhar a criança ao médico, são acordos com pediatras, são apoios para o estudo, são facilidades para quem tem um filho doente desenvolver o trabalho em casa (se possível), é claro que também não despedem ninguém por estar grávida.
Perguntam vocês – O que raio é que as empresas ganham com isso?
Muita coisa, para além de trabalhadoras muito mais empenhadas, calmas e felizes, e toda a gente sabe que o pessoal contente trabalha mais e melhor, a empresa ganha ainda um selo de qualidade que não só lhe permite uma propaganda muito positiva como ainda benefícios ficais.
Àh pois é Zé isto é que é ser porreiro, e não for porreiro é mui rico e mui guapo e é uma medida de jeito.
Mas pronto é imprescindível mobilizarmos esforços para que os nossos governantes aprendam o Castelhano.

OLÉ !

Sem comentários: