O Harry Potter, o Telejornal e as Casas de Alterne de Bragança













Confesso que sou fã, este novo imaginário é engraçado. Engraçado porque lemos o livro e vemos o filme num escapa o outro! Vou explicar li "Harry Potter e Ordem de Fénix" e gostei, pronto é assim uma coisinha como o melhoral não faz bem nem mal e é um bom substituto para o Júlio Verne ou o Emilio Salgari, mais actual e em vez de alta tecnologia tem BRUXARIA.( o que para algumas pessoas é o mesmo)



Entretanto vi o filme e assustei-me! Mais que tudo o filme fala de OPRESSÃO e da capacidade que os opressores (os profissionais que levam a coisa muito a sério) nos retirarem pouco a pouco os direitos e liberdades. Sempre com o argumento que é para o nosso bem... Neste filme (porque a visualização é fundamental neste caso) a opressora veste rosa, tem aquele ar de senhora que faz lembrar a Dª Manuela Eanes e a Mª de Belem, fala sempre com um tom de voz muito pedagógico e em nome de uma boa educação inflige torturas odiosas (para além da quebra de liberdades). Esta personagem está ao nivel de qualquer vilão, mas dos verdadeiros...



Por um destes dias assisti a várias noticias nos nossos telejornais, uma que me espantou foi a reportagem do Canal 1 sobre a grande quebra sofrida pelos comerciantes de Bragança (taxistas, engomadorias, cabeleireiros e boutiques) com o fecho das casas de alterne da zona. Este fecho é consequencia do processo judicial que teve inicio com o protesto das "Mães de Bragança". Agora os comerciantes da zona declaram uma quebra de 30% do volume de negócio, ao lado em Espanha (para onde as meninas se transferiram) o comércio local regojiza com o aumento do volume de negócios acham as chicas mui ricas e mui guapas. Os clientes parece que são os mesmos.



Em conclusão no Telejornal da TVI passava a noticia que vão existir computadores de fartura para o os alunos portugueses e aparecia escrito "OBJETILO do Ministério da Educação um computador para cada dois alunos."



Confesso fiquei parva e o meu espirito confundido...


Será que a Ministra da Educação ainda vai aparecer no Harry Potter ligada ao terrivel Voldemort e enquanto não aparece nos livros e filmes anda cá a treinar com os muggles?


Será que Portugal vai requerer um Fundo Comunitário para Bragança para compensar esta deslocalização tão gravosa para o comércio local?



Será que na TVI exigem mais do que soletrar e assinar o nome para a redação das noticias?


Será que estou mesmo a precisar de férias ?



Comentários

Sostrova disse…
A mim os fenómenos do Harry Potter e das casas de alterne passaram-me mais ou menos ao lado. Explico: do Harry Potter tomei conhecimento através do meu filho mais velho que tem agora onze anos e que me deu algumas injecções do Harry Potter. _Confesso que essas intrepretações que fazes à historia são absolutamente novidades.
Em relação às casas de alterne, entrei em algumas mas a coisa deixa-me deprimido. Só mesmo numa sociedade completamente machista e sexualmente reprimida como Bragança é que as casas de alterne podem ser um tema de reportagem.
Quanto às bestas que trabalham na TVI... a culpa não é deles. A culpa é tua que acendes a televisão. Nem sequer tens a desculpa que é para andares informada... porque o que as televisões fazem mais,a TVI e as outras, é desinformar.